Sexta-feira da trigésima quarta semana do tempo comum

Hoje é dia vinte e cinco de Novembro, sexta-feira da trigésima quarta semana do tempo comum. 

Diz São Paulo que o Espírito Santo reza em nós “com gemidos inefáveis”. 
É o Espírito Santo, é o Amor de Deus dentro do teu coração que te inspira a pedir e a agradecer, a louvar e a suplicar. 
Abre o teu coração à presença do Amor. 
Deixa que seja Ele quem fala dentro de ti. 
Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 21, 29-33] 

Disse Jesus aos seus discípulos a seguinte parábola:
«Olhai a figueira e as outras árvores:
Quando vedes que já têm rebentos,
sabeis que o Verão está próximo.
Assim também, quando virdes acontecer estas coisas,
sabei que está próximo o reino de Deus.
Em verdade vos digo:
Não passará esta geração sem que tudo aconteça.
Passará o céu e a terra,
mas as minhas palavras não passarão».

 

Pontos de oração

A mensagem da leitura de hoje é de esperança: o reino de Deus está próximo. Esta é uma boa notícia, mas nem sempre nos diz muito. 
Desejas que chegue o reino de Deus? Como? 

Jesus acrescenta que passará o céu e a terra, mas que as suas palavras não passarão. Há dois mil anos que as suas palavras permanecem atuais, num mundo que se transformou tanto. Acreditas que as palavras de Jesus serão sempre uma referência para ti, por mais transformações que o mundo e a tua vida possam vir a sofrer?

Jesus convida-te a olhar para os sinais. Por vezes, tens de olhar com atenção. Quando as árvores começam a rebentar, fazem-no discretamente, lentamente, até que um dia se repara que já nasceram folhas novas. 
Que sinais do reino de Deus consegues ver na tua vida ou no mundo?

 

Colóquio final

Termina a tua oração agradecendo a Deus os sinais de que o seu Reino está próximo. Pede-Lhe que te ajude a reconhecê-los e pede sempre com confiança: «venha a nós o vosso reino».

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.