Sexta-feira, festa litúrgica de Santa Catarina de Sena

Hoje é dia vinte e nove de abril, sexta-feira, festa litúrgica de Santa Catarina de Sena. 

De Margaret Rizza, estás a escutar Take my life, Lord.

A vida de Santa Catarina de Sena foi, em cada gesto de misericórdia e de amor, repetir sempre e continuamente: «Senhor, a minha vida é tua». 
Só o Senhor pode alimentar a tua vida e fazer dela uma vida abundante. Não queiras ficar pela metade, arrisca tudo e sem reservas diz a Jesus: «Senhor, a minha vida é tua».
Assim, vale a pena começares a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. [Mt 11, 25-30]

Jesus exclamou:
«Eu Te bendigo, ó Pai, Senhor do céu e da terra,
porque escondeste estas verdades aos sábios e inteligentes
e as revelaste aos pequeninos.
Sim, Pai, Eu Te bendigo,
porque assim foi do teu agrado.
Tudo Me foi dado por meu Pai.
Ninguém conhece o Filho senão o Pai
e ninguém conhece o Pai senão o Filho
e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
Vinde a Mim,
todos os que andais cansados e oprimidos,
e Eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo
e aprendei de Mim,
que sou manso e humilde de coração,
e encontrareis descanso para as vossas almas.
Porque o meu jugo é suave e a minha carga é leve»

 

Pontos de oração

Santa Catarina de Sena, na forma como, por amor e fidelidade a Cristo, tanto se dedicou aos pobres e doentes, ajudou a resolver questões políticas dentro da Igreja. O seu desejo de fazer bem e de levar o amor de Cristo a todos aumentava a cada dia e isto era sinal da presença de Deus para os outros. 
O Senhor convida-te a seguires o mesmo caminho, a seres um dos santos de Deus! 

Ser santo não significa fazer grandes coisas, mas fazer tudo por amor a Deus e buscá-Lo sem cessar. 
Não significa necessariamente não pecar, mas ter consciência de como o pecado te fere e afasta de Deus e do seu amor. Não penses que ser santo é só para os outros. É, também, para ti. 
O que podes fazer na tua vida para responder a este apelo? 
É passo a passo que vais fazendo caminho...

Acolhe mais uma vez as palavras que hoje Jesus te dirige. Só Ele te trará a paz que tanto buscas.  

 

Colóquio final

Termina este momento de oração confiando ao Senhor as tuas limitações e fragilidades. Pede-Lhe que aumente em ti o desejo de O seguires e imitares em todas as coisas. Não te esqueças que não caminhas só, Ele está sempre contigo.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.