Sexta-feira, memória litúrgica de Nossa Senhora do Rosário

Hoje é dia sete de Outubro, sexta-feira, memória litúrgica de Nossa Senhora do Rosário. 

“A fidelidade do Senhor permanece para sempre”, diz o salmista. 
De vez em quando, 
é bom regressar a estas certezas simples, 
próprias de uma fé amadurecida, 
experimentada pelas alegrias e tristezas que fazem uma vida. 
Repete tranquilamente no teu coração: 
“A fidelidade do Senhor permanece para sempre”... 
Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 1, 26-38]

O Anjo Gabriel foi enviado por Deus
a uma cidade da Galileia chamada Nazaré,
a uma Virgem desposada com um homem chamado José,
que era descendente de David.
O nome da Virgem era Maria.
Tendo entrado onde ela estava, disse o Anjo:
«Ave, cheia de graça, o Senhor está contigo».
Ela ficou perturbada com estas palavras
e pensava que saudação seria aquela.
Disse-lhe o Anjo:
«Não temas, Maria,
porque encontraste graça diante de Deus.
Conceberás e darás à luz um Filho,
a quem porás o nome de Jesus.
Ele será grande e chamar-Se-á Filho do Altíssimo.
O Senhor Deus Lhe dará o trono de seu pai David;
reinará eternamente sobre a casa de Jacob
e o seu reinado não terá fim».
Maria disse ao Anjo:
«Como será isto, se eu não conheço homem?».
O Anjo respondeu-lhe:
«O Espírito Santo virá sobre ti
e a força do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra.
Por isso o Santo que vai nascer será chamado Filho de Deus.
E a tua parenta Isabel concebeu também um filho na sua velhice
e este é o sexto mês daquela a quem chamavam estéril;
porque a Deus nada é impossível».
Maria disse então:
«Eis a escrava do Senhor;
faça-se em mim segundo a tua palavra».

 

Pontos de oração

Celebramos hoje a Memória litúrgica de Nossa Senhora do Rosário. O terço é uma oração simples e profunda que convida a rezar a Jesus na companhia de Maria, sua Mãe. Na cadência das palavras que se repetem, é transformado o coração de quem reza.

Disse um dia São João Paulo II sobre a oração do Rosário: «no fundo das palavras “Ave Maria”, passam diante dos olhos de quem reza os principais episódios da vida de Cristo, através do coração de sua Mãe. O que queres pedir hoje a Maria, para que ela leve ao seu Filho Jesus?»

Maria é a Mãe da Igreja e de todos os seus fiéis. Na disponibilidade em colaborar no projeto de Deus, torna-se canal privilegiado da ternura e do amor misericordioso. Contempla o «Sim» de Maria e disponibiliza-te a dizer também «Sim» a Deus.

 

Colóquio final

Nossa Senhora pediu aos pastorinhos de Fátima, na Cova da Iria, para rezarem o terço todos os dias. Pediu que o oferecessem pela paz no mundo e pela conversão dos pecadores. No final desta oração reza por estas duas intenções.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.