Sexto domingo da Páscoa

Hoje a Igreja celebra o sexto domingo da Páscoa.

Durante alguns momentos, considera as tantas graças que tens recebido do Senhor. Considera também quantas vezes tens perdido a oportunidade de corresponder a esses dons, devido à tua falta de confiança na sua bondade... Neste domingo, renova a tua confiança no Senhor, entrega-Lhe a tua vida e, sobretudo, aquilo que na tua vida te afasta d'Ele e te impede de confiar no seu amor por ti. E começa assim a tua oração.

Deus ama-nos e abençoa-nos não porque sejamos bons e importantes, mas porque ele é bom e tem compaixão de nós. O Evangelho, a Boa Notícia é precisamente esta: o Senhor tem compaixão da nossa pobre humanidade e vem salvá-la. O salmista tem consciência deste amor de Deus e por isso louva-O e convoca todos os povos a louvarem o Senhor.

[Sl 66 (67), 2-3.5.6.8]

Deus Se compadeça de nós e nos dê a sua bênção, resplandeça sobre nós a luz do seu rosto. Na terra se conhecerão os vossos caminhos e entre os povos a vossa salvação. Alegrem-se e exultem as nações, porque julgais os povos com justiça e governais as nações sobre a terra. Os povos Vos louvem, ó Deus, todos os povos Vos louvem. Deus nos dê a sua bênção, e chegue o seu louvor aos confins da terra.

Deus Se compadeça de nós e nos dê a sua bênção, / resplandeça sobre nós a luz do seu rosto. A luz do rosto de Deus é Jesus Cristo. É Ele que te dá a conhecer o verdadeiro Deus e te ensina a louvá-Lo: resplandeça sobre nós a luz do seu rosto, para que se conheçam os vossos caminhos e entre os povos a vossa salvação.

Este é um salmo para rezar de alma agradecida pelo muito que Deus realiza em ti e na comunidade onde celebras a tua fé. Transforma o “eu” da tua oração no “nós” de uma comunidade em louvor pelos muitos benefícios que tem recebido do Senhor.

Alegrem-se e exultem as nações, / porque julgais os povos com justiça / e governais as nações sobre a terra. Na voz do salmista, o coro universal dos povos é convidado a associar-se à voz de Israel. No agradecimento de Israel encontra lugar a voz da humanidade inteira.

Termina a tua oração pedindo a bênção de Deus para ti, para os teus familiares, para a tua comunidade, para todos os povos. E ao longo desta semana, ao iniciar a oração da manhã e ao terminar a oração da noite, pede com o salmista: Deus nos dê a sua bênção / e chegue o seu louvor aos confins da terra.

Pai nosso que estais nos céus santificado seja o vosso nome venha a nós o vosso Reino seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido e não nos deixeis cair em tentação mas livrai-nos do mal.