Solenidade da Santíssima Trindade

Hoje a Igreja celebra a solenidade da Santíssima Trindade. 

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. 
No início desta oração recorda-te que Deus não é um só indivíduo, mas três pessoas. 
O Amor é assim mesmo: não suporta estar fechado em si. Precisa de sair em direção aos outros... E Deus é Amor, por isso, Ele mesmo, na sua realidade mais profunda, é saída de Si para os outros. Não podia ser um deus solitário e individualista, mas é família.
Pede-Lhe que te dê a graça de viveres, também tu, uma vida de saída de ti em direção aos outros, uma vida vivida no Amor. 
Assim, vale a pena começares a tua oração.  

 

Nesta Solenidade da Santíssima Trindade, vais rezar o salmo oito. Em tom de louvor, contempla a grandeza de Deus e o convite que Ele te faz a tornares a tua vida mais divina.
 
[Sl 8, 4-9]
Quando contemplo os céus, obra das vossas mãos,
a lua e as estrelas que lá colocastes,
que é o homem para que Vos lembreis dele,
o filho do homem para dele Vos ocupardes?

Fizestes dele quase um ser divino,
de honra e glória o coroastes;
destes-lhe poder sobre a obra das vossas mãos,
tudo submetestes a seus pés:

Ovelhas e bois, todos os rebanhos,
e até os animais selvagens,
as aves do céu e os peixes do mar,
tudo o que se move nos oceanos.

 

Pontos de oração

Ao cantar as maravilhas de Deus, o salmista descobre-se na sua pequenez. Mas é aí, na fragilidade da condição humana, que se dá o encontro de Deus com os homens.
– “Quando contemplo os céus, obra das vossas mãos, (…) que é o homem (…) para dele Vos ocupardes?”
– “Fizestes dele quase um ser divino, de honra e glória o coroastes”.

Quando rezamos o Credo professamos a fé num só Deus em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Neste mistério da Revelação, Deus entra na vida dos homens. O Pai é o criador; o Filho é o nosso salvador; o Espírito Santo quem nos santifica. 
Deixas que Deus transforme a tua vida? 

Falar da Santíssima Trindade é falar de relação. Existe uma harmonia de amor entre as três pessoas divinas. Da mesma forma, é o amor que está na origem da relação de Deus com os homens. Criados à sua imagem e semelhança, somos chamados a deixar-nos transformar pelo amor de Deus. 

A oração é uma forma privilegiada de manter a relação íntima e vital que une o homem a Deus. Terminando este tempo de oração, pede a graça de poderes encontrar Deus em todas as coisas que fazem parte da tua vida. 

 

Colóquio final

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal.