Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo

Hoje a Igreja celebra a solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo. 

Hoje, na tua oração, recorda-te que Jesus Cristo é o Senhor de todo o universo. É o Rei e Senhor de toda a criação. 
Reconhece também, no teu íntimo, que é Ele o Senhor da tua vida e pede-Lhe a graça de teres um coração centrado n’Ele.
Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

O salmo que vais rezar hoje é um salmo de peregrinação a Jerusalém. Põe-te na pele de um peregrino que anseia por chegar ao lugar onde Deus está presente no meio do seu povo.
 
Sl 121 (122), 1-2.4-5
Alegrei-me quando me disseram:
«Vamos para a casa do Senhor».
Detiveram-se os nossos passos
às tuas portas, Jerusalém.
Jerusalém, cidade bem edificada,
que forma tão belo conjunto!
Para lá sobem as tribos,
as tribos do Senhor.
Para celebrar o nome do Senhor,
segundo o costume de Israel;
ali estão os tribunais da justiça,
os tribunais da casa de David.

 

Pontos de oração

Jerusalém era idealizada como a cidade da paz e da justiça. O salmo fala de Casa do Senhor, de um belo conjunto, fala de celebrar e também de justiça. A Beleza da cidade não é apenas exterior, é também belo o modo como ali se vive. Deixa que o início do salmo ressoe em ti e que cresça o desejo de experimentares o que se vive nessa cidade: «Alegrei-me quando me disseram: 'vamos para a casa do Senhor'».

O salmo começa com a palavra «alegrei-me». A razão é a perspectiva de chegar ao lugar onde Deus está, onde tudo é belo e harmonioso. É a alegria de quem espera ver a cidade de Deus, ou o Reino de Deus. E nem sempre tens de o procurar longe. Podes contribuir para que o Reino venha a nós, como pedes cada vez que rezas o Pai-Nosso.

Ouve de novo o salmo e reforça em ti o desejo de viver nesta harmonia, onde a presença de Deus se faz sentir, simbolizada por Jerusalém.

Põe-te na pele de um peregrino diferente que, em vez de caminhar pela estrada, procura trazer o ambiente da cidade santa à sua vida, movido pelo desejo de aí habitar para sempre. Para isso, a tua peregrinação alarga-se a toda a tua vida, ao teu trabalho, ao teu tempo livre e às tuas relações.

 

Oração final

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal.