Solenidade litúrgica do nascimento de São João Batista

Hoje é dia vinte e quatro de junho, segunda-feira, solenidade litúrgica do nascimento de São João Batista.

João Batista é uma daquelas figuras extraordinárias que povoam as páginas da Bíblia. Nascido fora do tempo, humanamente falando, mas bem no tempo de Deus. O seu nascimento é causa de alegria para seus pais, já idosos e sem esperança de terem um filho, mas é também sinal de um tempo que chega ao seu termo, para dar lugar ao tempo novo do Reino de Deus. Agradece ao Senhor esta história de salvação da qual Ele te chama a fazer parte... e começa assim a tua oração.

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Lucas. [Ev Lc 1, 57-66.80]

Quando chegou a altura de Isabel ser mãe, ela deu à luz um filho. Os seus vizinhos e parentes souberam que o Senhor lhe tinha feito tão grande benefício e congratularam-se com ela. Oito dias depois, vieram circuncidar o menino e queriam dar-lhe o nome do pai, Zacarias. Mas a mãe interveio e disse: «Não, Ele vai chamar-se João». Disseram-lhe: «Não há ninguém da tua família que tenha esse nome». Perguntaram então ao pai, por meio de sinais, como queria que o menino se chamasse. O pai pediu uma tábua e escreveu: «O seu nome é João». Todos ficaram admirados. Imediatamente se lhe abriu a boca e se lhe soltou a língua e começou a falar, bendizendo a Deus. Todos os vizinhos se encheram de temor e por toda a região montanhosa da Judeia se divulgaram estes factos. Quantos os ouviam contar guardavam-nos em seu coração e diziam: «Quem virá a ser este menino?». Na verdade, a mão do Senhor estava com ele. O menino ia crescendo e o seu espírito fortalecia-se. E foi habitar no deserto até ao dia em que se manifestou a Israel.

A mãe afirmou com força o nome da criança; o pai abriu a boca e bendisse a Deus; todos se maravilharam: “Quem virá a ser este menino?”. João significa: o Senhor é graça. Quem não será joão, agraciado, desde que nasce e se batiza?

A alegria do nascimento é a expressão mais bela da criação. João vem ao mundo assinalado como o Precursor de Jesus. Aquele que abre caminho e anuncia o Esperado das Nações. Também é esta a tua missão, o teu nome, a graça do teu Batismo.

Hoje é um dia de maravilha. Não nos faz subir ao Céu, mas apreciar as coisas belas da Terra, pequeninas e grandes, como graças. Alegra-te com a vida! Consente em ser batizado com o óleo da alegria, cada dia, na caridade fraterna que não tem fim.

O mistério da vida de Deus em ti é a maior riqueza que te é dada. Como a utilizas? Reflete diante de Cristo, o Amado por excelência. Ou melhor: deixa-te refletir por esse espelho sem mancha que põe em ti a sua amizade e te assinala com a Cruz.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.