Terça-feira da décima semana do Tempo Comum

Hoje é dia sete de junho, terça-feira da décima semana do Tempo Comum. 

Deus é a fonte de todo o bem que fazes e recebes na tua vida. Confia n’Ele, fala-Lhe das tuas dificuldades, das tuas alegrias, dos teus projetos. Ele está sempre contigo no segredo do teu coração. Às vezes, talvez duvides da sua presença silenciosa e amorosa. Pede-Lhe agora a certeza de que Ele nunca te abandona. Pede-Lhe a força de quereres sempre aquilo que Ele quer. Assim, vale a pena começares a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. [Ev Mt 5, 13-16] 

Disse Jesus aos seus discípulos:
«Vós sois o sal da terra.
Mas se ele perder a força, com que há de salgar-se? 
Não serve para nada,
senão para ser lançado fora e pisado pelos homens. 
Vós sois a luz do mundo.
Não se pode esconder uma cidade
situada sobre um monte;
nem se acende uma lâmpada
para a colocar debaixo do alqueire,
mas sobre o candelabro,
onde brilha para todos os que estão em casa.
Assim deve brilhar a vossa luz diante dos homens, 
para que, vendo as vossas boas obras,
glorifiquem o vosso Pai que está nos Céus». 

 

Pontos de oração

Não é pequena a missão que Jesus atribui a cada discípulo... e tu és um dos seus discípulos. O sal servia para conservar os alimentos e para realçar o seu sabor. Também tu recebes a missão de ser sal no mundo à tua volta.  

Com a luz podemos ver os sorrisos das pessoas amigas e olhá-las nos olhos, podemos desfrutar a beleza da Criação. Quando tens luz podes ver o caminho, decidir por onde ir e evitar os obstáculos. Podes também aperceber-te dos perigos que se aproximam. 
Desejas que em ti brilhe a luz do Senhor para que, através de ti, Ele possa iluminar o mundo? 

Repara que tanto o sal como a luz são frágeis e discretos. O sal, quando usado para temperar os alimentos, dissolve-se, fica invisível. A luz não faz barulho, não se pode tocar. 

 

Colóquio final

Oferece a Deus a tua vida, para que as tuas boas obras sejam sal e luz, para que os outros, vendo-as, glorifiquem o teu Pai que está nos Céus. Pensa em algo concreto onde possas ser luz e sal para os outros. 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.