Terça-feira da nona semana do tempo comum

Hoje é dia seis de junho, terça-feira da nona semana do tempo comum.

Uma tentação muito habitual na oração
é desejar que ela se alimente de sentimentos intensos, 
de fortes decisões e de emoções que nos preenchem.
Aceita que a tua oração
seja uma oração de tempo comum,
simples, trabalhosa e fiel.
Aprende, dia após dia, a permanecer no silêncio
da presença de Deus,
com a paciência e a confiança de uma criança
que aprende a dar os primeiros passos.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Marcos. [Ev Mc 12, 13-17].

Foram enviados a Jesus alguns fariseus e partidários de Herodes
para O surpreenderem no que dissesse.
Aproximaram-se e disseram:
«Mestre, sabemos que és sincero
e não Te deixas influenciar por ninguém,
pois não fazes aceção de pessoas,
mas ensinas com sinceridade o caminho de Deus.
É lícito ou não pagar o tributo a César?
Devemos pagar ou não?».
Mas Jesus, conhecendo a sua hipocrisia, respondeu-lhes:
«Porque Me armais esse laço?
Trazei-Me um denário para Eu ver».
Eles trouxeram-no e Jesus perguntou-lhes:
«De quem é esta imagem e esta inscrição?».
Eles responderam: «De César».
Então Jesus disse-lhes:
«Dai a César o que é de César
e a Deus o que é de Deus».
E eles ficaram muito admirados com Jesus. 

 

Pontos de oração

Jesus é um homem livre. Não Se deixa influenciar. É também perspicaz. Percebe a intenção daqueles que O elogiam. Percebe os seus ciúmes, porque o número dos que O escutam vai crescendo. Percebe as armadilhas que Lhe preparam.
Jesus disse que é necessário ser simples como as pombas e prudente como as serpentes. Estás atento à realidade que te cerca?

Sob a aparência de cumprimento dos mandamentos de Deus, as elites religiosas e políticas buscam motivos para acusar Jesus. Colocam-Lhe uma questão sobre o pagamento de impostos. Jesus, por sua vez, convida-os a praticarem a justiça e a honestidade. 
A hipocrisia nega a Deus o que é de Deus: a verdade. Vives na verdade? 

Ao ouvires de novo esta passagem do Evangelho, repara que Jesus quer ajudar aqueles que O seguem a abrir os olhos para as publicidades enganosas de todos os tempos. 

 

Colóquio final

Jesus convida-te a viver na simplicidade e na vigilância. Pede-Lhe a graça de aprenderes a ver a realidade com os seus olhos.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.