Terça-feira da Oitava da Páscoa.

Hoje é dia dezoito de abril, terça-feira da Oitava da Páscoa.

É no seio da noite
que se dá a glória pascal.
É no interior da noite, das noites
dos nossos medos, angústias e sofrimentos
que o Senhor se faz presente
com a força suave e imensa da sua Páscoa.
Hoje, começa a tua oração
com o lume novo da esperança pascal,
e reza com estas palavras de um antigo hino cristão:
«A noite guardou o teu corpo no sepulcro
e viu a glória da tua ressurreição.
Na noite da nossa vida, com a luz da fé acesa,
esperamos alegres a tua vinda.»

 

Escuta esta passagem do livro dos Atos dos Apóstolos. [L 1 Atos 2, 36-41].

No dia de Pentecostes,
disse Pedro aos judeus:
«Saiba com absoluta certeza toda a casa de Israel
que Deus fez Senhor e Messias
esse Jesus que vós crucificastes».
Ouvindo isto, sentiram todos o coração trespassado
e perguntaram a Pedro e aos outros Apóstolos:
«Que havemos de fazer, irmãos?»
Pedro respondeu-lhes:
«Convertei-vos e peça cada um de vós o Batismo em nome de Jesus Cristo,
para vos serem perdoados os pecados.
Recebereis então o dom do Espírito Santo,
porque a promessa desse dom é para vós,
para os vossos filhos e para quantos, de longe,
ouvirem o apelo do Senhor nosso Deus».
E com muitas outras palavras os persuadia e exortava,
dizendo: 
«Salvai-vos desta geração perversa».
Os que aceitaram as palavras de Pedro receberam o Batismo
e naquele dia juntaram-se aos discípulos cerca de três mil pessoas. 

 

Pontos de oração

Jesus ressuscitado é aquele mesmo que foi crucificado. Agora, reconhecemo-Lo pela fé e pela prática da caridade. Só convertendo-nos ao amor atualizamos a graça do batismo.
Os teus olhos estão purificados?

Através de nós, a Ressurreição deve chegar a todos os homens e mulheres e até à criação inteira. No entanto, a rotina do mal permanece. Como é isso possível? Basta ficares indiferente à conversão permanente do coração.

“Em nome de Jesus Cristo”: fazendo tudo por Ele, com Ele e n’Ele, esperamos sempre o Espírito Santo prometido. Nunca nos deixa sós. A esperança não engana. 

 

Colóquio final

A vida do Senhor é sempre nova e traz novidade à tua vida. Mas é fácil desistires dessa novidade e deixares de lutar pela justiça. Termina a tua oração pedindo perdão ao Senhor pelas muitas vezes em que O deixas morrer no teu coração.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.