Terça-feira da segunda semana da Quaresma

Hoje é dia catorze de março, terça-feira da segunda semana da Quaresma. 

De Ludovico Einaudi, estás a escutar La nascita delle cose segrete. 

O caminho da oração leva-nos
à experiência profunda da misericórdia de Deus
e à descoberta maravilhada do seu perdão.
A Quaresma representa este caminho de timbre pascal,
de libertação e transformação pessoal.
Como nos promete o profeta Isaías,
«ainda que os teus pecados sejam vermelhos como a púrpura,
ficarão brancos como a lã».
Mergulha neste mistério de Amor,
deixa-te conduzir, dia a dia, por ele.
E começa assim a tua oração.

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. [Ev Mt 23, 1-12].

Jesus falou à multidão e aos discípulos, dizendo:
«Na cadeira de Moisés sentaram-se os escribas e os fariseus.
Fazei e observai tudo quanto vos disserem,
mas não imiteis as suas obras,
porque eles dizem e não fazem.
Atam fardos pesados e põem-nos aos ombros dos homens,
mas eles nem com o dedo os querem mover.
Tudo o que fazem é para serem vistos pelos homens:
alargam as filactérias e ampliam as borlas;
gostam do primeiro lugar nos banquetes
e dos primeiros assentos nas sinagogas,
das saudações nas praças públicas
e que os tratem por ‘Mestres’.
Vós, porém, não vos deixeis tratar por ‘Mestres’,
porque um só é o vosso Mestre e vós sois todos irmãos.
Na terra não chameis a ninguém vosso ‘Pai’,
porque um só é o vosso pai, o Pai celeste.
Nem vos deixeis tratar por ‘Doutores’,
porque um só é o vosso doutor, o Messias.
Aquele que for o maior entre vós será o vosso servo.
Quem se exalta será humilhado
e quem se humilha será exaltado».

 

Pontos de oração

Talvez sintas a tentação de exigir aos outros que façam o que tu não ousas fazer. Talvez carregues fardos pesados nos ombros dos outros, mas tu não lhes tocas. Talvez pregues e defendas palavras, doutrinas e comportamentos; mas, na tua vida, tens outra medida, outro padrão. Dizes, pregas, mas não fazes. 
Jesus, hoje, pede-te mais coerência, mais verdade, mais compromisso. É este o caminho quaresmal.

A palavra de Jesus é clara e exigente: o maior seja o que serve. Só a humildade de sentimentos e de palavras te conduz pelo caminho evangélico. Só na humildade de vida podes chegar mais perto de Deus. Só desejando e fazendo um esforço na humildade e pequenez poderás crescer aos olhos de Deus. 
Esta é uma das propostas que Jesus te faz hoje. Queres aceitá-la e vivê-la como proposta de conversão quaresmal?

Ouve com o coração o texto do Evangelho e anima-te, pede a graça de acolheres a Palavra e seres coerente e humilde. 

 

Colóquio final

Suplica a Jesus que te ajude a permanecer humilde e a viver o que ensinas aos outros.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.