Terça-feira da sétima semana do tempo comum

Hoje é dia vinte e um de fevereiro, terça-feira da sétima semana do tempo comum.

“Canta ao Senhor um cântico novo,
canta ao Senhor, terra inteira!
Canta ao Senhor, bendiz o seu nome;
proclama dia a dia a sua salvação!”
Com estas palavras do salmo 96,
abre o teu coração à presença do Espírito Santo
que suscita em ti um canto de louvor.
Nunca deixes de cantar, de louvar, de bendizer,
de abrir no teu coração um espaço de respiro,
de beleza e de graça.
Porque é no Senhor que vivemos, nos movemos e existimos:
Ele está próximo daqueles que se deixam encontrar.
Assim, vale a pena começares a tua oração.

 

Escuta esta passagem do livro de Ben-Sirá. [L1 Sir 2, 1-13].

Filho,
se queres servir o Senhor,
prepara a tua alma para a provação.
Procura ter um coração reto e constante
e não te perturbes no tempo da adversidade.
Une-te ao Senhor e não te afastes d’Ele,
para seres exaltado no fim da tua vida.
Tudo aquilo que te aconteça, procura aceitá-lo,
e nas dificuldades da tua humilde condição sê paciente.
Porque o ouro prova-se no fogo
e os homens eleitos na fornalha da humilhação.
Confia no Senhor e Ele cuidará de ti,
segue o caminho reto e espera no Senhor.
Vós que temeis o Senhor, confiai na sua misericórdia
e não vos afasteis, para não cairdes.
Vós que temeis o Senhor, confiai n’Ele
e a recompensa não vos faltará.
Vós que temeis o Senhor, esperai os seus benefícios,
a alegria eterna e a sua misericórdia.
Vós que temeis o Senhor, amai-O
e iluminar-se-á o vosso coração.
Considerai as antigas gerações e vede:
Quem confiou no Senhor e ficou desiludido?
Quem perseverou no seu temor e foi abandonado?
Quem O invocou e não foi atendido?
Porque o Senhor é compassivo e misericordioso,
perdoa os pecados e salva no tempo da tribulação.
Ele é o protetor dos que O procuram de coração sincero. 

 

Pontos de oração

Une-te ao Senhor, ainda que experimentes o fracasso e que a tua vida te pareça demasiado dura e sem sentido. Une-te ao Senhor, se vives a monotonia de uma rotina. Une-te ao Senhor, se vives a euforia de uma vitória. Que nada te perturbe: só Deus basta. 

Temer a Deus não é ter medo: é colocar-se confiadamente diante d’Ele, aceitar a nossa condição de criatura e deixar que seja o nosso Deus a cuidar de nós. 
Deixa que o Senhor cuide da tua vida. Não tenhas medo. Confia. 

Ouve de novo o texto como se fosse um salmo, deixa que o seu eco faça crescer em ti a certeza da presença de Deus. 

 

Colóquio final

Agradece a misericórdia e a fidelidade de Deus e entrega-Lhe a tua preocupação com aqueles que não acreditam no seu amor.  

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.