Terça-feira, festa litúrgica do apóstolo São Matias

Hoje é dia catorze de maio, terça-feira, festa litúrgica do apóstolo São Matias.

O livro dos Atos dos Apóstolos diz-nos que Matias foi escolhido para ocupar o lugar de Judas e completar o grupo dos doze Apóstolos do Senhor. Diz-nos também que fora discípulo de Jesus desde a primeira hora. Recordar estes nomes é recordar os primeiros anos da Igreja e de uma história que continua a escrever-se na história da humanidade. Dá graças ao Senhor por todas as gerações que te precederam na fé... e em ação de graças começa a tua oração.

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São João. [Ev Jo 15, 9-17]

Disse Jesus aos seus discípulos: «Assim como o Pai Me amou, também Eu vos amei. Permanecei no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como Eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e permaneço no seu amor. Disse-vos estas coisas, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja completa. É este o meu mandamento: que vos ameis uns aos outros como Eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos amigos. Vós sois meus amigos se fizerdes o que Eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas chamo-vos amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi a meu Pai. Não fostes vós que Me escolhestes; fui Eu que vos escolhi e destinei para que vades e deis fruto e o vosso fruto permaneça. E assim, tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vo-lo concederá. O que vos mando é que vos ameis uns aos outros».

É o amor recebido de Deus que cria em ti a capacidade de amar. Amar é dar a vida. É não deixar morrer em ti o que gratuitamente recebeste de Deus. É na entrega de Jesus que aprendes a tua entrega.

A amizade com Jesus cresce na medida em que acolhes o bem mais precioso que Ele te oferece: a sua relação com o Pai. Nessa relação, Jesus experimentou a intimidade e a obediência. Deixas que Deus se aproxime de ti? Procuras obedecer ao mandamento do amor?

Ouve de novo as palavras de Jesus e repara como o envio se segue a uma declaração de amizade.

Ao finalizar este tempo de encontro com o Senhor, pede-Lhe que te faça sentir enviado ao mundo, disponível para dar fruto.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.