Terça-feira, solenidade litúrgica de Todos os Santos

Hoje é dia um de Novembro, terça-feira, solenidade litúrgica de Todos os Santos.

A oração é sempre uma graça, 
um dom de Deus. 
Como diz Jesus, 
sem Ele nada podemos fazer – muito menos rezar. 
E São Paulo afirma que somos incapazes de dizer a Deus a mais pequena coisa, 
a não ser com o auxílio do Espírito Santo. 
Agradece ao Senhor estes minutos de encontro com Ele... 
e começa assim a tua oração. 

 

Escuta esta passagem do Evangelho segundo São Mateus. [Ev Mt 5,1-12] 

Ao ver as multidões, Jesus subiu ao monte e sentou-Se.
Rodearam-n’O os discípulos
e Ele começou a ensiná-los, dizendo:
«Bem-aventurados os pobres em espírito,
porque deles é o reino dos Céus.
Bem-aventurados os humildes,
porque possuirão a terra.
Bem-aventurados os que choram,
porque serão consolados.
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça,
porque serão saciados.
Bem-aventurados os misericordiosos,
porque alcançarão misericórdia.
Bem-aventurados os puros de coração,
porque verão a Deus.
Bem-aventurados os que promovem a paz,
porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por amor da justiça,
porque deles é o reino dos Céus.
Bem-aventurados sereis, quando, por minha causa,
vos insultarem, vos perseguirem
e, mentindo, disserem todo o mal contra vós.
Alegrai-vos e exultai,
porque é grande nos Céus a vossa recompensa».

 

Pontos de oração

Jesus ensina um novo caminho que nos abre à comunhão com Deus. Por isso, hoje lembramos todos aqueles que escolheram viver neste caminho. Ele apresenta oito atitudes de coração para entrar: esvaziar-se da auto-sufuciência, ser manso, chorar, ser misericordioso, ser limpo de coração, ser construtor da paz e defensor da justiça. Com qual destas atitudes te identificas mais? 

Jesus anuncia um caminho que estabelece uma nova rede de relações com os bens materiais, com as pessoas entre si e com Deus. O próprio Jesus vive como pobre, não possuindo nada para si mesmo. É manso e humilde de coração e, no entanto, é perseguido. Chora quando toca o sofrimento humano. Não julga ninguém. Trata Deus por «Papá». E no teu caso? Como é a tua rede de relações? 

Ao escutares de novo o evangelho, verificas que este caminho de felicidade apontado por Jesus é contrário a muitas propostas de felicidade apregoadas à nossa volta. Basta estar atento ao tipo de publicidade que nos envolve.  

 

Colóquio final

Hoje celebramos o dia de todos os que viveram no espírito das Bem-aventuranças. Em comunhão com eles, agradece a Deus por tudo o que te dá. Pede-Lhe que te ensine a viver com simplicidade, na alegria e na misericórdia. 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Ámen.