Terceiro domingo da Páscoa

Hoje, a Igreja celebra o terceiro domingo da Páscoa. 

Os discípulos escutam, no seu coração,
as palavras que o Senhor Ressuscitado lhes dirige:
«Porque estais perturbados
e porque se levantam esses pensamentos
nos vossos corações?».
Hoje é domingo, o primeiro dia da semana:
permite que este dia seja, junto dos teus irmãos,
um dia de encontro, de reconhecimento e de escuta,
capaz de libertar o teu coração e os teus pensamentos
de toda a perturbação.

 

Prepara-te para escutar o Salmo 4. Atenta às palavras plenas de confiança que o salmista oferece a Deus e à comunidade, na certeza de que o Senhor não falha aos seus amigos.

[Salmo 4, 2.4.7.9]
Quando Vos invocar, ouvi-me, ó Deus de justiça.
Vós que na tribulação me tendes protegido,
compadecei-Vos de mim
e ouvi a minha súplica.

Sabei que o Senhor faz maravilhas pelos seus amigos,
o Senhor me atende quando O invoco.

Muitos dizem: «Quem nos fará felizes?»
Fazei brilhar sobre nós, Senhor, a luz da vossa face.

Em paz me deito e adormeço tranquilo,
porque só Vós, Senhor,
me fazeis repousar em segurança. 

 

«Porque só Vós, Senhor, me fazeis repousar em segurança». 
Repete interiormente esta prece do salmista, numa atitude de confiança filial. Permite que a entoação das suas palavras faça emergir, em ti, a paz e a serenidade de que o teu coração necessita.

No seio da sua história, Israel reconhece a presença viva de Deus, que não abandona o seu povo. A experiência orante do salmista transporta, para a sua própria vida, esta confiança. 
Coloca-te, tu também, neste instante e neste lugar, diante deste Deus que, como diz o salmo, é luz para Ti. 

Atende à beleza do rosto de Deus, que pode ser luz em ti. Nota que a tua missão poderá ser a de te converteres num espelho que reflete essa luz amorosa que vem de Deus. 
Olha a tua semana que passou: quando foste espelho e luz de Deus para os outros? Quando foste tela negra e opaca, incapaz de refletir essa luz?

A forma como termina o salmo coloca-nos na conhecida afirmação de Santo Agostinho: «Tu, Deus, fizeste o nosso coração para Ti. E o nosso coração não tem paz se não repousa em Ti». 
Buscas a paz e a abundância que Deus pode trazer ao teu coração e à tua vida? Agradece pela luz, a deste momento de oração e a de toda a tua vida. 

 

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal.