Terceiro domingo da Quaresma

Hoje, a Igreja celebra o terceiro domingo da Quaresma. 

O templo do Senhor, o seu Corpo
é formado com a nossa humanidade,
na qual encontramos rumores e mesas de comércio,
dúvidas e ressentimentos, medos e angústias.
Permite que o Senhor, hoje e em cada dia,
entre na tua morada. 
Entrega-Lhe as tuas cordas, 
e deixa que seja Ele, o Justo, a purificar a tua vida,
pois apenas Ele o sabe e pode fazer.
Hoje é Domingo, o primeiro dia da semana:
que este dia seja para ti um dia consagrado
ao que de mais belo e perfeito podes encontrar.

 

O salmista sente-se perdido e suplica ao Senhor que tenha compaixão dele e lhe indique o caminho.
[Salmo 18 (19), 8.9.10.11]

A lei do Senhor é perfeita,
ela reconforta a alma;
as ordens do Senhor são firmes,
dão sabedoria aos simples.
Os preceitos do Senhor são rectos
e alegram o coração;
os mandamentos do Senhor são claros
e iluminam os olhos.
O temor do Senhor é puro
e permanece para sempre;
os juízos do Senhor são verdadeiros,
todos eles são rectos.
São mais preciosos que o ouro,
o ouro mais fino;
são mais doces que o mel,
o puro mel dos favos. 

 

A Lei de Deus é a prova mais eficaz do seu amor misericordioso. Só Ele conhece o que te convém. Remédio perfeito: dá sabedoria e conforto, conhecimento interno, gosto iluminado, alegria sem fim. 

Tudo é graça sem troco. O jugo suave de que o Senhor falou um dia, torna-se, para ti, vida e liberdade. «Faça-se a tua vontade assim na terra como no céu». 
Pede a Maria que te ensine a arte da obediência amorosa. 

Faz silêncio para escutar o Senhor. A quem n’Ele confia, nada lhe falta. A voz do Messias alegrava João Baptista. E ao discípulo amado bastava-lhe encostar o ouvido ao coração de Jesus. Aprende com ele a rezar assim. 

Pede ao Senhor que te leve pela mão, na semana prestes a começar. Que Ele te proteja e que tu O saibas levar permanentemente contigo, no coração.

 

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal.