Vigésimo nono domingo do Tempo Comum

Hoje, a Igreja celebra o vigésimo nono domingo do Tempo Comum. 

Somos imagem de Deus:
esta mensagem, proclamada pelo texto bíblico
logo nas suas primeiras páginas,
preenche de plenitude, sentido e beleza
os teus dias.
Hoje é domingo, o primeiro dia da semana:
que a tua oração seja o espaço e o sinal
de uma entrega a um amor maior,
capaz de conduzir a tua vocação
a um horizonte novo.

 

É natural que muitos comecem a aproximar-se do Senhor para pedir ajuda. Mas o salmo vai pôr-te a falar com o Senhor sem pedir nada. Escuta com atenção. E aprende. 

[Salmo 95 (96), l.3.4-5.7-8.9-10a.c]
Cantai ao Senhor um cântico novo,
cantai ao Senhor, terra inteira.
Publicai entre as nações a sua glória,
em todos os povos as suas maravilhas.

O Senhor é grande e digno de louvor,
mais temível que todos os deuses.
Os deuses dos gentios não passam de ídolos,
foi o Senhor quem fez os céus.

Dai ao Senhor, ó família dos povos,
dai ao Senhor glória e poder.
Dai ao Senhor a glória do seu nome,
levai-Lhe oferendas e entrai nos seus átrios.

Adorai o Senhor com ornamentos sagrados,
trema diante d’Ele a terra inteira.
Dizei entre as nações: «O Senhor é rei»,
governa os povos com equidade. 

 

Pontos de oração

Diz ao Senhor: desejo aprender a orar como quem quer conversar, como quem quer adorar, como quem Te quer cantar, como quem quer morar na tua luz; quero rezar como quem Te ama de todo o coração, com quem Te oferece tudo o que tem. Porque Tu és o meu Deus, és tudo o que posso desejar.

“Cantai um cântico novo, cantai ao Senhor terra inteira”. 
A alegria é o grande segredo do cristão, e deve ser o teu grande segredo, que te leva a cantar por dentro e, talvez, por fora. E na dor – tu na Cruz com Jesus – a tua alegria poderá ser de lágrimas; mas será alegria.

Tal como a liturgia fica alegre com belos ornamentos sagrados, tu rezarás alegre com o ornamento de um coração que canta e adora, como neste salmo.

Que “os deuses dos gentios não passam de ídolos” já o experimentaste tantas vezes... Parte para esta semana com o desejo de pôr o teu Deus à frente de tudo o mais – Ele que “fez os céus”. 

 

Colóquio final

Pai nosso que estais nos céus
santificado seja o vosso nome
venha a nós o vosso Reino
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação
mas livrai-nos do mal.